(Cerrito) Em agenda com o Governador do Estado, Cerrito cobra continuidade das obras na ERS-706

Principal acesso ao município de Cerrito, a ERS-706 voltou a ser pauta em agenda com o governador Eduardo Leite. Na tarde do íltimo dia (14), Leite e os secretários de Transportes, Juvir Costella, e Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos, receberam os prefeitos da Azonasul para ouvir as demandas da região sul do estado.
O prefeito Douglas Silveira apontou mais uma vez os problemas que Cerrito enfrenta no acesso ao município pela ERS-706. Sem nenhum avanço desde 2014, a pavimentação asfáltica ainda precisa ser concluída nos últimos três quilômetros restantes, contemplando assim os dezesseis quilômetros de extensão da rodovia.

A pavimentação da ERS se tornou um dos maiores desafios para o município, a obra, que começou em 2008, já deveria ter sido finalizada. Segundo o prefeito Douglas Silveira, a situação em que a rodovia se encontra prejudica o crescimento do município. “O desenvolvimento de Cerrito depende da conclusão da obra. A situação em que o trecho se encontra prejudica o trânsito de veículos e transportes de carga, impedindo o crescimento econômico e afetando a população de Cerrito e de municípios vizinhos”, enfatiza Silveira.

O governador Eduardo Leite anunciou que o Estado irá cobrar da empresa responsável pela pavimentação a aceleração das obras no trecho. A empresa será notificada e, em caso de não cumprimento, a Secretaria de Transportes irá entrar com processo de rescisão contratual e lançar uma nova licitação. Com isso, o município espera que a obra seja concluída e entregue à comunidade o mais breve possível.

Christian Dias, Matheus Muniz e Pedro Luiz Guerreiro
Assessoria de Imprensa Cerrito RS

Publicado por: Pedro Luiz Guerreiro