(Cerrito) Prefeitura intervém em imóveis abandonados

Amparada pela legislação, a administração municipal interferiu em dois imóveis abandonados nesta semana. As intervenções, justificadas pelo retorno que trarão à comunidade, foram coordenadas pela Secretaria de Serviços Urbanos, Trânsito e Meio Ambiente (SSUTMA).

A primeira mudança pode ser notada na Av. Flores da Cunha. O prédio onde abrigou por alguns anos a inspetoria veterinária foi demolido no início da semana. O lugar dará espaço para a rua Coronel Genes Bento, que agora vai ligar em linha reta a rua Dr. Jacques da Rosa Machado à Avenida.

Atualmente, quem utiliza a via precisa fazer uma curva. De acordo com o secretário João Inácio, a nova opção de trafego vai oferecer maior segurança aos motoristas. “Esse projeto é importante porque vai oferecer uma melhor mobilidade aos nossos munícipes”, explica.

A prefeitura também adquiriu o prédio que pertencia à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), abandonado há quase dez anos. Localizado na Praça Luis Siqueira, centro do município, agora começa a receber reparos. A primeira etapa da revitalização iniciou com a retirada de entulhos e móveis sucateados. Na sequência, então, começará a reforma. A edificação servirá em breve de endereço para a Secretaria de Assistência Social (SAS), que atualmente funciona em um prédio alugado.

O estado do local gerava insegurança e problemas de saneamento, conforme ressaltou o decreto assinado pelo prefeito Douglas Silveira no último dia 6. O processo de aquisição contemplou a ampla defesa e o contraditório sem que houvesse qualquer oposição dos antigos responsáveis pelo prédio.

Matheus Muniz e Pedro Luiz Guerreiro
Assessoria de Imprensa Cerrito RS