(Pedro Osório) Câmara de vereadores rejeita projeto que institui o calendário oficial de eventos

Na sessão da última segunda-feira (07), a Câmara de Vereadores rejeitou o Projeto de Lei nº 25/2018, encaminhado pelo executivo, que institui o Calendário Oficial de Eventos em Pedro Osório. Por 5 votos a 4, os vereadores decidiram por manter o município sem um calendário oficial.

O município de Pedro Osório, que ainda não tem um calendário oficial, pretendia com a ação regulamentar o registro e a divulgação de eventos públicos e tinha por finalidade reunir todas as comemorações e datas importantes ligadas à cidade e ao cotidiano de seus cidadãos, proporcionando a divulgação de eventos de diversas naturezas culturais, momentos históricos, festas tradicionais, culturais e populares, atividades que estimulem práticas esportivas e de lazer, atividades de natureza educativa, movimentos de preservação de direitos humanos, atividades religiosas e étnicas que se destaquem por seu valor entre outros.

De acordo com o projeto de lei, o calendário oficial possibilitaria, também com realização de eventos, a promoção do turismo e do comércio local.

Votaram favorável ao PL nº 25/2018:
Carlos Alberto;
Fininho Souza.
Professor Nei Rodrigues;
Rodrigo Parafuso;

Votaram contrário ao PL nº 25/2018:
Amália Ritta;
Betinho Amaral;
Luisinho Taubner;
Márcio Fiori;
Thiago Feijó.

Juninho Ebersol
Assessor de Imprensa
Prefeitura de Pedro Osório

Reportagem da rádio Portal Sul FM ouviu a opinião de produtores culturais da cidade sobre o assunto, os quais manifestaram preocupação com a ausência de um calendário municipal de eventos, sendo que a Legislação vigente, impossibilita que estatais patrocinem eventos que não estejam no calendário oficial do município e isso pode comprometer a realização de grandes eventos como Campeonatos esportivos, Festa Regional da Melancia, Aniversário do Município, Semana Farroupilha entre outros, lamentam está postura do legislativo, pois os eventos geram emprego e renda para muitos munícipes.