(Pedro Osório) Prefeito Chola representa o município na marcha dos prefeitos, em Brasília

A 22° Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, conhecida como Marcha dos Prefeitos, foi encerrada nessa quinta-feira (11), em Brasília. O prefeito Chola, acompanhado da primeira dama Olga Helena Echenique Alves, o secretário de Gabinete, Ricardo Alves e o secretário de Finanças, Ademir dos Santos, esteve no encontro em busca de recursos para Pedro Osório.


O evento, que durou quatro dias, contou com a presença de cerca de 9 mil gestores municipais. O evento foi aberto pelo presidente Jair Bolsonaro, na terça-feira (9) e teve diversas palestras, incluindo gestores municipais, estaduais e federais como os ministros Sérgio Moro e Paulo Guedes.


Uma das pautas discutidas pelo prefeito Chola foi a mobilização dos municípios da zona Sul pela conclusão das obras de duplicação da BR-116. Na ocasião foi lançada a Frente Parlamentar em Defesa da conclusão das obras, sob liderança do deputado federal Afonso Hamm, que luta pela liberação de verbas federais para finalizar a obra.


Chola se reuniu ainda com diversos deputados em busca de emendas parlamentares para Pedro Osório, além do Secretário especial da Cultura no Ministério da Cidadania, o pedro-osoriense Henrique Pires.
Pires, inclusive, apresentou um destacado painel de cultura na arena temática A Gestão Municipal das Políticas Sociais no Novo Governo. O pedro-osoriense corroborou as prioridades dos Municípios para o setor cultural, apoiou o pleito que cobra a permanência da Confederação Nacional de Municípios (CNM) como representante do poder municipal e garantiu que a proposta da pasta é espalhar os recursos por todo o país, não só nos grandes centros.


O evento foi encerrado com a leitura da carta final dos municípios listando avanços e conquistas junto aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. A carta destaca que um dos avanços alcançado foi o apoio do presidente Jair Bolsonaro à construção de um novo pacto federativo e o aumento dos recursos para o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Os prefeitos defendem a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 391/17 que acrescenta 1% ao primeiro decênio do FPM no mês de setembro de cada ano.

Juninho Ebersol
Assessor de Imprensa
Prefeitura de Pedro Osório

Publicado por: Pedro Luiz Guerreiro