(Rio Grande do Sul) Deputado Catarina repudia ataque à sede do PSB de Porto Alegre

IMG_8497 copiar
Postagem de rede social Deputado Catarina

O deputado Catarina Paladini (PSB) usou as redes sociais para repudiar o ato de vandalismo praticado na sede municipal do PSB de Porto Alegre, na noite desta quinta-feira (19). “Passei em frente à sede municipal do PSB de Porto Alegre e me deparei com pichações. Um absurdo, uma vergonha, uma tristeza, um ataque injustificável”, avaliou o parlamentar. Para o parlamentar, toda a manifestação é válida e fortalece a democracia. “Mas vandalismo não é manifestação”, destacou.

Catarina questionou, em sua página no Facebook (https://goo.gl/0ds0BW), os responsáveis pela pichação: “E se os 12 milhões de brasileiros desempregados resolvessem pichar as sedes do PT e seus aliados? E se os milhares de estudantes que perderam suas bolsas, FIES, CAPES, PROUNI entre outros, pichassem também? E se os donos das mais de 100 mil lojas fechadas pichassem as sedes petistas e de seus aliados? E se os brasileiros se revoltarem contra o roubo de bilhões da Petrobras e picharem as casas dos petistas? E se nos indignarmos com o mensalão, petrolão e todos os esquemas de corrupção, teríamos tantas casas pra pichar?”, desabafou.

O deputado disse, ainda, que a democracia não permite este tipo ataque. “Fere a democracia quem chama de golpe um instrumento constitucional [referindo-se ao processo de impeachment]. Golpeia o Brasil quem mente há anos sem pudor; quem se diz de esquerda, mas governa para banqueiros; quem retém preço de gasolina, gás, energia elétrica pra ganhar eleição e depois perde o controle da inflação; quem saqueia a Petrobras; quem quebra a Eletrobras; quem promete 27 Casas da Mulher e entrega 2… Golpeia o Brasil quem, em nome do poder, acha que está acima das leis”, concluindo sua manifestação. A sede do PSB da capital fica na rua Duque de Caxias, 1588.

 

Assessoria de Comunicação

Gab. Deputado Catarina Paladini (PSB)

Publicado por: Pedro Luiz Guerreiro