(Rio Grande do Sul) Deputado Pedro Pereira propõem venda de casa de férias do governador e outros imóveis de lazer


O Estado tem mais de 10 mil imóveis, entre eles, estão bens de luxo e de lazer, como o Palácio das Hortênsias, situado no município de Canela, na Serra Gaúcha. A área de mais de 13 hectares, tem um valor de mercado milionário e até o momento, o governo não se mostrou interessado em leiloar esse patrimônio. Por este motivo, o deputado Pedro Pereira (PSDB), protocolou nessa quarta-feira (05), o Projeto de Lei nº 48/2017, buscando alterar a Lei nº 14.954 do poder executivo, que criou o Programa de Aproveitamento e Gestão dos Imóveis.

De acordo com o deputado Pedro Pereira, o objetivo é que o programa, aprovado na Assembleia Legislativa e sancionado pelo governador José Ivo Sartori, em dezembro do ano passado, inicie com a venda dos bens de luxo e destinados a férias e lazer, com alienação preferencial do Palácio das Hortênsias. “A lentidão do Estado, como um gigante míope e desajeitado, precisa ser superada. A segurança, a saúde e a educação não podem esperar” desabafou Pereira.

Em sua justificativa à proposta, o parlamentar tucano, disse que não há informações consistentes sobre os primeiros frutos, do Programa de Aproveitamento e Gestão dos Imóveis. “Estou indignado: o Palácio das Hortênsias é usado para o governador tirar férias. Estão de brincadeira? Tem pessoas perdendo a vida nos hospitais, por falta de leito e medicamentos, nas estradas, porque não há asfalto para tapar buracos, e nas ruas, vítimas da criminalidade. Então é preciso que o Governo do Estado venda primeiramente os imóveis luxuosos e de lazer” disse Pereira.

 

Texto e foto: Rafael Ribeiro / Jornalista MTE 17665

Postado por: Pedro Luiz Guerreiro,